bettingpro

Home > Correntes d'Escritas abre hoje com anúncio de prémios e conferência de José Gil
Correntes d'Escritas abre hoje com anúncio de prémios e conferência de José Gil
Time:2023-09-09
Views:1713

bettingpro

  
LIVE      

Correntes d'Escritas abre hoje com anúncio de prémios e conferência de José Gil

bettingpro

Correntes d'Escritas abre hoje com anúncio de prémios e conferência de José Gil

Com um programa centrado na “Liberdade”, em alusão aos 50 anos do 25 de Abril, o encontro de escritores de expressão ibérica que é organizado anualmente pela Câmara Municipal da Póvoa de Varzim conta este ano com a presença de 120 autores de 16 nacionalidades.

O dia começa com a entrega do Prémio Literário Casino da Póvoa, que este ano aumentou o valor monetário de 20 mil para 25 mil euros, seguindo-se, da parte da tarde, a conferência de abertura, pelo filósofo e ensaísta José Gil, com moderação de José Carlos de Vasconcelos.

No centro das atividades, que vão decorrer até dia 26, vão estar 12 mesas, com vários convidados cada, para debaterem temas inspirados em frases de poemas e canções.

Entre os autores de língua espanhola que marcam presença, destacam-se nomes como Gioconda Belli, romancista e poetisa da Nicarágua, opositora do governo, que tem desde o mês passado nacionalidade espanhola, depois de lhe ter sido retirada a cidadania pelo ditador do seu país, Daniel Ortega.

Outras escritoras ibéricas em destaque são Alana S. Portero e Pilar Adón, ambas espanholas, que lançam os seus primeiros romances em Portugal e que se estreiam no festival.

Em língua portuguesa, contam-se também, e como habitualmente, muitos escritores, entre os quais a portuguesa Hélia Correia e o cabo-verdiano Germano Almeida, que venceram o Prémio Camões em 2015 e 2018, respetivamente, a guineense Gisela Casimiro e a angolana Telma Tvon, vozes lusófonas que se têm destacado como ativistas, tanto na literatura como na performance.

Apesar de hoje ser o dia inaugural, as atividades ligadas ao festival já começaram a decorrer no passado dia 17, com iniciativas de poesia no mercado municipal, a abertura de uma exposição de fotografia do projeto de arte comunitária de Elisa Ochoa, com fotografias de Rui Ochoa, e a apresentação de um documentário de Henrique Pina, no âmbito da residência artística de Elisa Ochoa.

O dia 19 ficou marcado pela abertura de uma exposição dedicada a Agustina Bessa-Luís, alusiva à relação da escritora com a Póvoa de Varzim, enquanto o dia 20 esteve reservado à abertura de um curso de formação para professores, “Correntes em rede V”, e para a estreia do espetáculo de teatro “A casa”, com Álvaro Laborinho Lúcio, Luís Ricardo Duarte, Raquel Patriarca e Rui Spranger, que terá várias repetições ao longo do certame.

Este ano, o Prémio Literário Casino da Póvoa conta com 13 obras a concurso, nove de autores de língua portuguesa e quatro de autores de língua espanhola.

Assim, estão candidatos ao prémio livros dos portugueses Isabela Figueiredo, Joana Bértholo, José Gardeazabal, Mário Cláudio, Paulo Moreira e Valter Hugo Mãe; da luso-angolana Djaimilia Pereira de Almeida; do moçambicano Mia Couto; da brasileira Giovana Madalosso; dos chilenos Alia Trabucco Zéran e Alejandro Zambra; da mexicana Fernanda Melchor; e do espanhol Enrique Vila-Matas.

Fuzuê: Preciosa recebe voz de prisão da ex-namorada de Miguel

Fuzuê: Preciosa recebe voz de prisão da ex-namorada de Miguel

Em , () tem turmalinas valiosas que seriam contrabandeadas para fora do país e, sem dinheiro para pagar por elas, está na mira do fornecedor e também da Polícia Federal. Já (), claro, não entende a gravidade do problema e só pensar em ver e lucrar com as pedras preciosas. Assim, no capítulo desta segunda-feira (26), graças a isso, herdeira e o pai receberão voz de prisão da delegada Rebeca (). Vem saber mais!

Preciosa será surpreendida pela Polícia Federal em Fuzuê — Foto: Globo

“Deixa eu ver as turmalinas. Onde você enfiou?”, pede Preciosa ao pai.

“Não é hora de mexer nisso... Elas estão bem guardadas, escondidas”, reage César, nervoso.

“Você não tem mais ninguém, papai. Chegou a hora de confiar em mim. A gente é parceiro ou não é? É bom que você divida essa roubada comigo, porque, se tudo der errado...”, insiste Preciosa.

“Elas estão aqui, atrás do quadro”, diz ele, se referindo à pintura de sua própria imagem.

César, então, irá tirar o quadro da parede e pegar um envelope. Nele, estarão as pedras que deixarão Preciosa encantada.

“São deslumbrantes, papai!”

Preciosa convence César a lhe mostrar as pedras turmalinas em Fuzuê — Foto: Globo

O que eles não imaginam é que Rebeca ouvirá toda a conversa entre eles pela escuta que () implantou no quarto de hotel de César.

“Atenção! Prepara a equipe, já gravei uma confissão. Podem seguir pro destino. Urgente!”, ordena a delegada da PF.

Enquanto isso, o fornecedor das pedras chegará ao local para cobrar o dinheiro de César por elas.

“Você já teve o seu tempo. Cadê a grana?”, pergunta o homem.

E, neste momento, a Polícia Federal chegará para completar a festa , e Rebeca, a ex-namorada de Miguel, dará voz de prisão para todos os presentes.

“Polícia Federal! Armas no chão! Vocês todos estão presos!”

Rebeca dá voz de prisão para César e Preciosa em Fuzuê — Foto: Reprodução

Será o fim da linha para César e Preciosa?! Não perca a reta final da sua novela das 7!

+ mais pra você!

+ veja também

Lembre as brigas entre as 'irmãs-rivais' Luna e Preciosa

+Escolha sua comunicação de notícias favorita. Clique aqui!

Correntes d'Escritas abre hoje com anúncio de prémios e conferência de José Gil

Previous:De "Deadpool 3" a Ryan Gosling a chorar ao ouvir Taylor Swift: todos os trailers revelados no Super Bowl
Next:BBB 24: prêmio do vencedor pode chegar a R$ 3 milhões
related articles
bettingpro Mapa do site

1234