bettingpro

Home > Cerimónia dos Prémios Sophia de cinema português marcada para 26 de maio
Cerimónia dos Prémios Sophia de cinema português marcada para 26 de maio
Time:2023-05-28
Views:1876

bettingpro

  
LIVE      

Cerimónia dos Prémios Sophia de cinema português marcada para 26 de maio

bettingpro

Cerimónia dos Prémios Sophia de cinema português marcada para 26 de maio

Os Prémios Sophia, que reconhecem o cinema português, são anunciados numa cerimónia a 26 de maio, no Casino Estoril, Cascais, anunciou na quinta-feira a Academia Portuguesa de Cinema.

Esta será a 13.ª edição dos Sophia e o mote dos prémios será "Cinema é Liberdade", aludindo aos 50 anos da revolução de 25 de abril de 1974.

Segundo a Academia Portuguesa de Cinema, os nomeados serão anunciados a 12 de abril.

Os Prémios Sophia, cuja primeira edição aconteceu em 2013, serão os prémios portugueses de cinema à semelhança dos que existem nos EUA (Óscares), em França (Césares), em Espanha (Goya) ou no Reino Unido (Bafta), e reconhecem obras cinematográficas em várias categorias.

Em 2023, "Alma Viva", de Cristèle Alves Meira, venceu o Sophia de Melhor Filme e Tiago Guedes venceu o de Melhor Realização com "Restos do Vento".

Duo luso-americano The Portuguese Kids estreia série de comédia na RTP

O duo luso-americano The Portuguese Kids, composto por Derrick DeMelo e Brian Martins, estreia a 18 de março a nova série de comédia “Portuguese Problems” na RTP, falada em inglês e português e inteiramente filmada nos Estados Unidos.

Com seis episódios de meia hora, a série mostra a experiência dos filhos de emigrantes portugueses nos Estados Unidos e os momentos cómicos do quotidiano que surgem das diferenças culturais e geracionais.

“Ainda temos quem só vista preto depois do marido morrer e pessoas que fazem vinho na cave, porque são tradições que trouxeram com eles nos anos 70 e não as vão largar”, disse à Lusa Derrick DeMelo. “Há muita comédia nesses momentos e por causa da barreira de linguagem”, considerou.

Mas apesar de ser a experiência de luso-americanos filhos de emigrantes açorianos, DeMelo frisou que “Portuguese Problems” ilustra algo mais abrangente e transversal, que perceberam ao longo dos anos nas suas digressões mundiais.

“Atuamos desde a Austrália às Bermudas e Canadá e vimos que é uma experiência universal”, explicou. “Do lado de fora da casa pode ser qualquer lugar, mas dentro de portas é muito similar”.

As histórias mostradas na série são baseadas em material que os Portuguese Kids foram apresentando ao longo da carreira e também incluem 'sketches' escritos por vários comediantes que convidaram a fazer parte da série, incluindo os conhecidos Taylor Amarante, Mike Rita e Vanessa Medeiros, com a qual colaboraram de perto nos últimos anos.

“Queríamos pegar em coisas existentes e pô-las noutro formato”, disse DeMelo. “Andamos nos palcos há vinte anos, por isso tínhamos muitos 'sketches' bem-sucedidos que estavam fechados no cofre sem fazer nada”. Brian Martins reescreveu esses 'sketches' e incluiu-os nos episódios criados para a série.

O título “Portuguese Problems” foi escolhido porque este é um mote recorrente da comunidade nos Estados Unidos, sinalizando partes engraçadas da cultura.

“Pode ser bom e pode ser mau”, explicou o comediante. “Por exemplo, ter braços peludos é um problema de ser português. Ter comida tão boa faz-nos comer demasiado, é um problema de ser português”.

A ideia é rir com estas particularidades com que todos se identificam. “É algo que usamos como uma medalha de honra”.

Para conceber “Portuguese Problems”, os Portuguese Kids abriram a produtora Lava Rock em parceria com Dean Câmara, lusodescendente por detrás da empresa Cineasta Digital que já venceu dois prémios Emmy.

A série estará disponível na RTP1, na RTP Internacional e na RTP Play, sendo esta última a plataforma onde Derrick DeMelo crê que haverá mais audiência.

“A RTP Internacional é um canal para emigrantes portugueses, mas eventualmente essa geração vai desaparecer e é preciso olhar em frente”, considerou o comediante. “Não poderá ter apenas programação em português se quiserem manter os lusodescendentes envolvidos, é preciso mudar um bocadinho”.

DeMelo acredita que séries como esta, em que há mais diálogo em inglês e o português tem legendas, poderá atrair novas gerações que já não são fluentes na língua.

No entanto, o duo também está a apostar que a série vai atrair pessoas de qualquer etnia, o que é algo que já veem nos seus espetáculos ao vivo.

“Vemos muita variedade étnica, desde mexicanos a asiáticos, que vêm e nos dizem que não percebem as partes em português mas se identificam com o resto”.

Se a recetividade for boa, o duo sonha com uma segunda temporada enquanto anda em digressão. Vão atuar em San Diego a 24 de fevereiro, depois passam o mês de março no Canadá e têm mais datas marcadas.

+Escolha sua comunicação de notícias favorita. Clique aqui!

Cerimónia dos Prémios Sophia de cinema português marcada para 26 de maio

Previous:Vanessa Lopes discute com MC Bin Laden no BBB 24: 'Vamos eu e tu para o Paredão?'
Next:The Black Keys anunciam novo álbum e revelam primeiro single: ouça aqui "Beautiful People (Stay High)"
related articles
bettingpro Mapa do site

1234