bettingpro

Home > No Sincerinho, Lucas Henrique diz que Davi tem memória seletiva: 'Só esquece coisas que podem te comprometer'
No Sincerinho, Lucas Henrique diz que Davi tem memória seletiva: 'Só esquece coisas que podem te comprometer'
Time:2024-01-19
Views:1172

bettingpro

  
LIVE      

No Sincerinho, Lucas Henrique diz que Davi tem memória seletiva: 'Só esquece coisas que podem te comprometer'

bettingpro

No Sincerinho, Lucas Henrique diz que Davi tem memória seletiva: 'Só esquece coisas que podem te comprometer'

No Sincerinho de Carnaval, Lucas Henrique diz que Davi tem memória seletiva

colocou no alvo durante o Sincerinho de Carnaval desta segunda (12). O professor de Educação Física disse que o motorista de aplicativo tem memória seletiva e diz se esquecer de falas comprometedoras na casa.

“Vou explicar as razões melhores pelas quais eu coloquei o Davi como minha indicação”, começou ele. “Davi, admiro muito você como pessoa e isso não está em cheque aqui, estou analisando a sua postura como jogador. Você sempre se posicionou como um jogador forte”, diz ele.

“Eu já te disse isso, jogador forte não se faz com palavras, se faz com atitude. Todas as vezes que você foi confrontado e foi perguntado sobre uma situação onde estava envolvido, você tinha uma memória seletiva. Você só esquecia coisas que poderiam te comprometer. Então, eu não acredito nisso. Você mesmo falou pra mim aqui, nessas cadeiras, que eu não podia confiar em você, você não confiava em mim”, explica o professor.

“Você me deu alvo. Você falou pra mim na academia que tinha me dado alvo e estava reclamando, me chamando de falso porque eu conversava com você, sendo você também o meu alvo. Você também conversava comigo, era recíproco. Então, você estava me chamando de uma coisa que você também fazia. Então, assim, eu acho que era recíproca essa relação”, continua Lucas Henrique.

“Outro ponto é que quando você é confrontado sobre as coisas que você faz ou fala, você esquece tudo. Você fala que não lembra e tudo mais”, finaliza ele.

Lucas Henrique no Sincerinho de carnaval — Foto: Globo

Hot Clube vai reabrir no n.º 48 da Praça de Alegria após obras no edíficio

Em janeiro do ano passado, o edifício que acolhe aquele que é o mais antigo clube europeu de jazz em atividade foi interditado por ordem camarária justificada por questões estruturais do imóvel.

Desde então, os responsáveis do clube têm estado “a lutar e a conversar com a Câmara [Municipal de Lisboa (CML)] no sentido de viabilizar uma solução para o edifício onde o Hot Clube está neste momento, que é o edifício que está interditado”, disse Pedro Moreira, em declarações à Lusa.

De acordo com o presidente do Hot Clube, as conversas com a autarquia “têm sido muito produtivas, muito úteis”, no entanto “é sempre um processo lento, que envolve sempre alguma burocracia”.

“Estou mesmo convencido que está para muito breve podermos dizer alguma coisa em relação a isso. E depois, claro, vamos ter que fazer um período de obras. Estaremos sempre a falar de estarmos mais um período fechados, porque é preciso uma obra que ainda não começou”, disse.

Pedro Moreira conta que as obras durem, “infelizmente, vários meses, talvez um ano, espera-se que menos”.

“Eu quero ver a luz ao fundo do túnel, quero soluções claras, não só em relação à estabilidade da situação do Hot Clube naquele espaço, que até agora era algo precária – sempre de boa-fé e com ótima colaboração por parte da CML, mas não era uma situação definitiva”, afirmou.

Embora esteja encerrado há cerca de um ano, o Hot Clube tem “feito muitas atividades em parceria, em produções exteriores”.

“Fizemos muita coisa, de muita qualidade, de músicos muito conhecidos e muito consagrados, mas também com os nossos jovens, os alunos da escola”, acrescentou Pedro Moreira.

Embora espere “uma solução em breve para o clube”, a ideia é “continuar com essa rede de parcerias, para ir para a cidade, porque o Hot Clube pertence à cidade, pertence ao país”.

O Hot Clube de Portugal funcionou na Praça da Alegria desde a sua fundação, primeiro no n.º 39, edifício que ardeu em 2009, tendo depois passado para o n.º 48, na mesma rua.

O mais antigo clube europeu de jazz em atividade foi fundado oficialmente em 19 de março de 1948, quando Luiz Villas-Boas, melómano e seu fundador, preencheu a ficha de sócio número um - ficha que se mantém no património da instituição.

A par do clube e da Escola de Jazz Luiz Villas-Boas, a funcionar no edifício da Metropolitana, também em Lisboa, parte do trabalho do ‘Hot’ passa ainda pelo núcleo museológico, assente sobretudo no espólio deixado pelo fundador, que morreu em 1999.

+Escolha sua comunicação de notícias favorita. Clique aqui!

No Sincerinho, Lucas Henrique diz que Davi tem memória seletiva: 'Só esquece coisas que podem te comprometer'

Previous:Museu Soares dos Reis lembra Centro de Arte Contemporânea em ano de “liberdade e transgressões”
Next:Francisco Monteiro é o vencedor do "Big Brother 2023". Hugo Andrade fica em 2º lugar
related articles
bettingpro Mapa do site

1234